top of page

Adolescente de Mariana é identificado como um dos autores de ameaças a uma escola de Santa Catarina

Com ele, a Polícia Civil de Minas Gerais apreendeu um tablet usado para publicar ameaças nas redes sociais


Divulgação


Um adolescente de 14 anos, morador de Mariana, foi identificado pela Polícia Civil como um dos autores de ameaças de massacre a uma escola em Santa Catarina, no Sul do país.



** continua depois da publicidade **



Aos policiais, o adolescente confessou o crime e disse não passar de uma brincadeira. Com ele, a Polícia Civil de Minas Gerais apreendeu um tablet usado para publicar ameaças nas redes sociais.


Segundo a polícia, a atitude teria provocado terror na comunidade local. "O fato demonstra a necessidade de constante vigília no uso das redes sociais por parte dos menores", destacou Cristiano Castelucci Arantes, delegado da Polícia Civil de Mariana, ao jornal Estado de Minas.



** continua depois da publicidade **



A ação é um desdobramento das investigações da Polícia Civil de Santa Catarina.


Comments


bottom of page