• Eliene

Assinada a ordem de serviço para início das obras de restauro do Casarão da Rua Direita

O imóvel será utilizado para receber a segunda parte do Museu da Cidade

Prefeito interino de Mariana,Juliano Duarte, assinando a ordem de serviço | Prefeitura de Mariana


A prefeitura de Mariana assinou a Ordem de Serviço que permite o restauro do Casarão da Rua Direita, onde será implantada a segunda parte do Museu da Cidade. A primeira parte será na Casa do Conde de Assumar, anexo à igreja São Francisco de Assis.

Ao todo, serão investidos mais de R$6 milhões, por meio de recursos do Programa Resgatando a História, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), do Instituto Cultural Vale e da prefeitura, para recuperar toda sua estrutura, além de adequá-lo para pessoas com necessidades especiais e implantar o espaço de exposições.




** continua depois da publicidade **


De acordo com o superintendente do BNDES, Julio Leite, o Casarão da Rua Direita foi um dos selecionados em meio a tantos outros devido à sua importância. “A recuperação do patrimônio deve ser prioridade no Brasil, com o programa Resgatando a História nós conseguimos dobrar o volume de recursos para esses projetos de recuperação do patrimônio histórico. Em meio a mais de 100 projetos, nós selecionamos 21 daqueles de maior necessidade e importância, dentre eles, este que estamos assinando hoje em Mariana”, disse Julio.

A casa, localizada em uma das principais ruas do centro histórico de Mariana, foi construída no século XVIII e tombada como patrimônio histórico pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), no ano de 1938.


Programa Resgatando Histórias


Iniciativa do Banco BNDES, o programa Resgatando a História é uma alternativa que visa dar apoio financeiro à recuperação do patrimônio histórico que tem o objetivo de restaurar e revitalizar o patrimônio material, imaterial e os acervos memoriais de todo o país.




** continua depois da publicidade **



Por meio de parcerias com empresas, como o Instituto Cultural Vale, o projeto propõe dobrar o valor que essas empresas destinam aos investimentos em restauros por todo o país. Assim, o patrimônio histórico é valorizado, podendo ser revitalizado, garantindo que a história seja preservada em todo o Brasil.