• Eliene

Chuvas desse final de semana deixa distritos e comunidades de Mariana alagados

Bandeirantes, Monsenhor Horta e Mainart foram as regiões que mais afetadas, segundo a Defesa Civil da cidade


Comunidade de Mainart após a cheia do rio | Facebook



As chuvas castigaram vários municípios mineiros nesse final de semana, 08 e 09. Em Mariana, nas últimas 72 horas, de acordo com a Defesa Civil da cidade, foram 250 milímetros de chuvas, o que provocou alagamento em diversos pontos da cidade, principalmente distritos e comunidades, como Bandeirantes, Monsenhor Horta e Mainart.




** continua depois da publicidade **



Segundo o coordenador da Defesa Civil, Welbert Stopa, nesse período o departamento recebeu dezenas de ocorrências e que, por esse motivo, o departamento teve que priorizar as que colocavam pessoas em risco iminente. “Atendemos mais de 100 ocorrências e ainda temos mais de 70 para atender. Pedimos à população que tenha paciência, pois estamos priorizando as ocorrências de deslizamento de terra ou encostas sobre os imóveis, risco de desabamento e inundação”, destacou.


Ainda de acordo com Welbert, as chuvas desse final de semana deixaram 22 pessoas desalojadas, que hoje se encontram em casas de parentes e amigos, e 87 desabrigadas. Todas elas estão sendo assistidas pela prefeitura. Ele também afirmou que não há ocorrência de feridos e óbitos na cidade.


O coordenador também alerta a população para mais chuva nos próximos dias. “De acordo com o IGAM - Instituto Mineiro de Gestão das Águas - fonte do estado que orienta a Defesa Civil, a previsão é de que as chuvas continuem até a madrugada de quarta-feira. Há previsão de aproximadamente 100 milímetros”, afirma.




** continua depois da publicidade **



Orientações


Como há previsão de mais chuva, os riscos de deslizamento de terra e alagamentos se agravam. Por isso, a Defesa Civil de Mariana orienta a população a:


  • Redobrar os cuidados e atenção

  • Evitar áreas de inundações

  • Não trafegar em ruas sujeitas a alagamento ou perto de ribeirões e córregos no momento de chuva forte

  • Não atravessar ruas alagadas

  • Não se abrigar ou estacionar embaixo de árvores.


A Defesa Civil também pede atenção às encostas, morros e áreas de deslizamento. Ao perceber rachaduras e frestas nas paredes, entre em contato no:


  • (31) 3558-4412 / 199 - Defesa Civil

  • (31) 3558-5123 / 153 - Guarda Municipal



** publicidade **