top of page
Design sem nome (1).jpg

Jovem é preso em Camargos, distrito de Mariana, por porte ilegal de arma de fogo e corrupção ativa

De acordo com a Polícia Militar, durante a abordagem, o autor ofereceu R$20 mil aos militares para que eles não o prendessem



Divulgação | Polícia Militar

Na noite de domingo, 23, a Polícia Militar recebeu denúncias anônimas de que um indivíduo teria efetuado disparos com uma arma de fogo em uma festa de cavalgada em Camargos, distrito de Mariana, e, posteriormente, se deslocado a cavalo para Antônio Pereira, distrito de Ouro Preto. Com informações sobre as características físicas e roupas que o autor vestia, os policiais iniciaram o rastreamento pelas estradas que ligam as duas comunidades.



** continua depois da publicidade **



Após algum tempo, nas proximidades do reassentamento de Bento Rodrigues, a equipe policial avistou cinco cavaleiros, um deles com as roupas informadas. Ao avistar os militares, o rapaz tentou fugir mas foi pego. Ele tinha uma arma de fogo municiada com um cartucho intacto e outro vazio na cintura. Durante a abordagem, o autor ofereceu aos policiais a quantia de R$20 mil para que não o prendessem, configurando assim o crime de corrupção ativa.


O rapaz, de 18 anos, foi preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e corrupção ativa, sendoi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de plantão, onde foram entregues a arma de fogo e as munições apreendidas.


** publicidade **



Comentarios


bottom of page