top of page
  • Eliene

Mariana: Catedral da Sé será reaberta aos fiéis no dia 23 de dezembro

Embora todos possam entrar e conhecer a igreja por dentro, a primeira missa será celebrada no sábado, 24 de dezembro


Órgão Arp Schnitger e pintura original de Nossa Senhora da Assunção | Lélio Pedrosa

Fechada desde fevereiro de 2016 para iniciar as obras de restauração estrutural, arquitetônica e de seus elementos artísticos, chegou um dia muito aguardado pelos marianenses: a entrega da Catedral Basílica de Nossa Senhora da Assunção, conhecida também como Catedral da Sé.


O pároco e reitor da Catedral da Sé, Padre Geraldo Buziani, comemorou a reabertura do templo em uma data especial, o Natal. “É muito significativo celebrar a primeira missa na Catedral, tendo sido concluídas as obras de restauração, justamente na noite de Natal, no dia 24 de dezembro. Vamos entrar no mistério do Natal e, fisicamente, como comunidade paroquial e arquidiocesana, entraremos na casa do Senhor, templo santo, onde fazemos a experiência do encontro com Deus. É muita alegria para todos nós”, disse.




** continua depois da publicidade **



As portas da igreja serão reabertas ao público no dia 23 de dezembro, sexta-feira, às 20h30, mas a programação começa um pouco antes e segue até o dia 24, quando acontece a primeira missa. Confira:



Quinta-feira - 15 de dezembro

17h - Ato civil de entrega, por parte do IPHAN, das obras de restauração dos elementos estruturais e artísticos da Catedral Metropolitana de Mariana para a Arquidiocese.


Sexta-feira - 23 de dezembro

19h - Missa, presidida pelo Sr. Arcebispo Dom Airton José dos Santos, no Santuário de Nossa Senhora do Carmo, seguida da procissão com a imagem de Nossa Senhora da Assunção, padroeira da Arquidiocese, para a Catedral da Sé.

20h30 - Entrada dos fiéis na Catedral, bênção, homenagens e canto solene de Ação de Graças.

22h - Apresentação do Quinteto Minas na Praça da Sé.



Sábado - 24 de dezembro

22h - Missa do Natal do Senhor com a presença de todas as pastorais, movimentos e irmandades da Paróquia.




** continua depois da publicidade **



As obras da Catedral da Sé foram financiadas com recursos do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), sendo ela uma das quinze ações do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) das cidades históricas, em Mariana.


A primeira etapa do restauro foi concluída em dezembro de 2017, quando foram realizados serviços de consolidação e reforço estrutural, com monitoramento arqueológico, drenagem de águas pluviais e instalações hidrossanitárias. Foi nessa mesma época que a população conheceu as novas cores da fachada e das janelas da Catedral.


CATEDRAL DA SÉ


A Catedral de Nossa Senhora da Assunção teve sua origem na primitiva capelinha da Conceição, fundada em 1703, pelo capitão Antônio Pereira Machado. Dez anos mais tarde, no mesmo local da capela, iniciaram-se as obras de construção da Matriz, em madeira e taipa, pelo mestre Jacinto Barbosa Lopes. Ao longo dos anos diversas obras foram ali empreendidas, e contou com a atuação de vários mestres reconhecidos, entre eles José Pereira Arouca.


Em 1798, decidiu-se pela reedificação do bem respeitando os padrões arquitetônicos originais e optou-se pela utilização de pedra e cal na fachada frontal, conferindo a ela o aspecto sóbrio do barroco jesuítico. Seu interior guarda um dos mais ricos e significativos conjuntos de talhas de Minas Gerais, revelando diversas etapas do barroco luso-brasileiro. Merece destaque a pintura do batistério, atribuída a Manuel da Costa Athayde, e o Órgão Arp Schnitger, doado no século XVIII, por Dom João V.


** publicidade **





bottom of page