teste.jpg
  • Eliene

Mariana recebe os Bonecos Idosos da Companhia Pigmalião, neste sábado, 13

O evento é gratuito e conta com uma intervenção de rua com bonecos habitáveis, um espetáculo de marionetes e uma oficina de máscaras


Bira e Bedé, uma das atrações do Micro Festival | Luiz Estrela

Neste sábado, 13, Mariana será palco para o Micro Festival de Bonecos Idosos da Companhia Pigmaleão. De acordo com a coordenadora de produção da Companhia, Juliana Abreu, serão diversas atrações gratuitas para pessoas de todas as idades. “A proposta pretende atingir um grande número de público, promovendo atrações para todas as idades, com um foco especial para os idosos", explica Juliana.



** continua depois da publicidade **



A programação começa às 11h, na Praça da Sé, com o espetáculo “Tempo longe demais”, uma peça de humor conduzida por marionetes de fios. "A apresentação acontece em um palco em miniatura, cuja cenografia retrata o interior da casa de um senhor que recebe duas amigas para um café na hora da novela da tarde. As cenas que assistem na televisão os emocionam a tal ponto que os três idosos acabam revelando histórias de amor vividas na juventude", conta a coordenadora.

Após o espetáculo, às 12h30, acontece a intervenção de rua Bira e Bedé, duas senhoras de cerca de 2,5 metros que circulam pelas ruas, sempre atraídas por burburinhos que elas mesmas costumam provocar.

Para finalizar, entre 15h e 17h, crianças, adultos e idosos poderão participar da oficina de Máscara de Papel, na Casa de Cultura, localizada na Rua Frei Durão, 84 centro. A atividade será realizada com materiais recicláveis e de baixo custo, com intuito de ensinar uma técnica de confecção de máscaras ecologicamente viável.



** continua depois da publicidade **


O Micro Festival de Bonecos Idosos passará por 18 cidades do interior de Minas Gerais, entre elas, Mariana, cidade de Mauro Carvalho, ator/manipulador, cenotécnico e bonequeiro na Companhia há 9 anos. “Realizar esse festival em Mariana tem uma importância ainda maior para mim, por ser minha cidade natal e onde comecei a trabalhar com a arte, em especial, o teatro de bonecos e a música”, ressalta.

O Festival é produzido pela Companhia Pigmalião e conta com o apoio da prefeitura de Mariana. Além disso, é patrocinado pelo Instituto Vale, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, do Governo Federal, via Ministério do Turismo e Secretaria Especial de Cultura.



** publicidade **