teste.jpg

Iniciada a Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza em Mariana

A imunização acontece em três etapas e os grupos contemplados serão vacinados até o dia 10 de julho de 2021


O dia de mobilização contra a gripe da primeira etapa está marcado para 8 de maio | Banco de Imagens

A Secretaria de Saúde de Mariana inicia nesta segunda-feira, 12, a 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza. A imunização acontece em três etapas e os grupos contemplados serão vacinados até o dia 10 de julho de 2021.


Na primeira etapa serão imunizados crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade, gestantes, puérperas e trabalhadores de saúde. A vacinação das crianças de 6 meses a menores de 6 anos e gestantes e puérperas, acontecerá do dia 12 de abril até 23 de abril. Já os trabalhadores de saúde serão vacinados a partir de 26 de abril indo até o dia 10 de maio.


Os contemplados para a primeira etapa, residentes na região central do município, serão vacinados na Central de Imunização, localizada à Rua Santa Cruz, nº 368 – Barro Preto, no período de 08h às 15h. Os usuários, residentes em bairros, distritos ou subdistritos, receberão a vacina nas unidades de saúde de sua referência, no período de 08h às 15h.


O dia de mobilização contra a gripe da primeira etapa está marcado para 8 de maio. Nesta data, a Secretaria divulgará uma programação para atender a todos os grupos prioritários e também a população em geral.


A segunda fase iniciará no dia 11 de maio, seguindo até o dia 8 de julho de 2021. Para essa etapa, idosos com mais de 60 anos e os professores serão os próximos a receber o imunizante. Já o Dia D está marcado para 5 de junho.


A terceira fase está programada para ter início no dia 9 de junho e seguirá até 9 de julho de 2021. O Dia D está marcado para o dia 10 de julho. Para essa etapa, fica estipulado os seguintes grupos prioritários: pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, caminhoneiro, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros, urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.

Lembrando que todos os usuários deverão comparecer ao local de vacinação portando documento com foto, cartão do SUS e cartão de vacina.