top of page

Sumidourense lança fotolivro sobre a história do Festival de Cuscuz realizado na sua comunidade

O lançamento será na quinta, 12, em Padre Viegas, durante a 19ª edição do festival gastronômico


Prefeitura de Mariana

Na próxima quinta-feira, 12, Larissa Gonçalves, natural de Padre Viegas, distrito de Mariana, vai lançar o seu fotolivro “Festival de Cuscuz de Sumidouro - Memórias e histórias de um povo”. O produto é fruto do seu trabalho de conclusão de curso de jornalismo na Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) e será lançado na comunidade onde nasceu, durante o festival gastronômico que chega em sua 19ª edição.


“Quem me conhece sabe o quanto eu amo minha origem e tenho orgulho das minhas raízes. Sumidouro é meu lugar preferido no mundo. O cuscuz e o meu Sumidouro possuem uma ligação incrível, são dois patrimônios intangíveis. A produção de um fotolivro impresso foi pensado como forma de materializar e ampliar o acesso a uma herança cultural do distrito que faz parte de sua identidade, para que os turistas e moradores possam pegar, saborear com os olhos as imagens do cuscuz e sentir ali parte de nosso festival impresso”, conta Larissa.




O livro traz fotografias que contam a história do cuscuz e das mulheres sumidourenses que desempenham coletivamente as tarefas no dia da festa e usam as mãos como principal instrumento deste trabalho. Tem também receitas e músicas que fazem parte da história de Sumidouro. “Dedico este fotolivro à minha avó Maria, à minha família, amigos, aos sumidourenses, e a todas as cozinheiras que fazem com amor o cuscuz”, destaca Larissa.


De acordo com a jornalista, após o lançamento, ela disponibilizará a versão digital do fotolivro. Além disso, ela tem planos para que mais pessoas conheçam o seu trabalho. “Quero distribuí-los nas escolas, em especial na de Sumidouro, em museus de Mariana, no IPHAN e no IEPHA. Também pretendo fazer um lançamento dele na Ufop, onde fui inspirada para dar vida a esse sonho”, afirma a sumidourense.




Comentários


bottom of page