top of page

Mariana: Polícia Militar prende foragido após companheira denunciá-lo por agressão

O homem de 45 anos era foragido da justiça, condenado por crime de homicídio, e havia fugido do presídio de Ponte Nova


Divulgação | Polícia Militar

No último sábado, 01, a Polícia Militar foi acionada na Policlínica de Mariana após uma mulher, vítima de violência doméstica, dar entrada no pronto atendimento. Aos militares, a vítima de 33 anos relatou que seu companheiro havia lhe agredido na madrugada de sábado, mas que só procurou atendimento médico à noite após sentir fortes dores e dificuldade de respirar devido uma fratura grave no nariz.



** continua depois da publicidade **



A mulher ainda informou que seu companheiro era foragido da justiça, condenado por crime de homicídio, e que havia fugido do presídio de Ponte Nova. Ela também temia que ele pudesse voltar a sua casa para lhe matar.


Com as informações, os militares foram ao local de trabalho do homem, uma propriedade na zona rural de Mariana, onde ele foi preso. A polícia também encontrou em seu quarto duas espingardas e munições.


Após uma consulta, foi constatado mandado de prisão em aberto em desfavor do autor, bem como a sinalização de fuga do presídio de Ponte Nova. O homem foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de plantão, onde foram entregues os materiais apreendidos.



** publicidade **


bottom of page