teste.jpg

Mariana registra mais de mil casos de coronavírus e 8 mortes em 23 dias

A cada mil infectados pela Covid-19, o município registra 8 mortes provocada pela doença


Até o momento, mais de 8 milhões de brasileiros testaram positivo para a Covid-19 | Banco de Imagens

Mariana chegou aos 4040 casos de coronavírus nesta quarta-feira, 13. Foram 1012 infectados em apenas 23 dias. Além disso, a cidade contabilizou 8 óbitos no mesmo período, totalizando 32 mortes no município. Esse último registro supera o maior percentual de casos que Mariana já teve em um mês completo, que foi 782.



“Esse aumento de casos começou no período eleitoral e piorou com as festas e viagens que muitos fizeram no final do ano. Também, o mês de janeiro é quando as pessoas tiram férias, programam viagens, e isso contribui”.


O aumento de pessoas contaminadas durante o mês de janeiro, em muitas cidades, já era esperado, segundo especialistas. Isso, por causa das festas de fim de ano, época em que, tradicionalmente, há um aumento nas comemorações entre familiares e amigos, viagens e maior movimento nos comércios.


De acordo com o secretário de saúde de Mariana, Danilo Brito, esse também é um dos motivos para essa alta, além das eleições. “Esse aumento de casos começou no período eleitoral e piorou com as festas e viagens que muitos fizeram no final do ano. Também, o mês de janeiro é quando as pessoas tiram férias, programam viagens, e isso contribui”, disse.


Foi em um encontro familiar para a ceia de Natal que um casal de marianenses, que preferem não se identificar, contraiu o vírus. “O tempo todo seguindo as orientações de saúde e evitando sair de casa o máximo possível. Nunca iríamos imaginar que uma reunião entre família poderia ser o lugar onde iríamos pegar Covid. Reconheço que erramos e agradeço a Deus por não ter acontecido o pior”, destacou.


FALTA DE PROFISSIONAIS DA SAÚDE - De acordo com Danilo Brito, atualmente, o município afastou 57 profissionais da área da saúde, entre eles pessoas que testaram positivo para a Covid-19, gestantes ou os que se enquadram no grupo de risco. Isso fez com que o município tivesse uma queda no quadro de profissionais nos últimos dias, número que ainda não foi suprido.


"Tivemos uma baixa de 50 profissionais, por esse motivo, estavamos contratando alguns para repor esse quadro. Além disso, tivemos que contratar outros para atender a demanda no atendimento de 24h, tanto na policlínica quanto nos leitos de Covid. O problema é que ainda não temos todos esses profissionais. Recentemente, por exemplo, abri o edital para contratação de médicos de atenção primária e não veio ninguém”, explicou, Danilo.


O secretário também ressaltou que, somente nesta semana, 6 profissionais que atuavam na Unidade de Saúde Centro 1 testaram positivo, o que ocasionou no fechamento do espaço e na suspensão de consultas eletivas que já estavam marcadas. “A unidade vai ficar fechada por dez dias. Não temos profissionais para mantê-la em funcionamento”, destacou.


Criado a partir do desejo de colocar em prática um fazer jornalístico verdadeiro, o Ângulo é um portal de notícias focado na região de Mariana, Ouro Preto e Itabirito. A história do veículo de comunicação se mescla com os anseios e missões de sua fundadora, que busca trazer novos ares para a mídia na cidade.

Aqui a missão é ser referência em notícia e se mostrar como um portal moderno, com visões amplas dos mais diversos lados das histórias e sujeitos.

  • Branca Ícone Instagram

© 2020 por Mariana Viana