teste.jpg
  • Eliene

Nova pintura de Nossa Senhora da Assunção é descoberta no teto da Catedral da Sé de Mariana

A obra, datada de 1760, é de Manuel Rabelo de Souza. Além dela, outros elementos artísticos foram encontrados no altar de Santa Bárbara, na capela do Santíssimo e na caixa do órgão Arp Schnitger


Pintura original de Nossa Senhora da Assunção | Cônego Nedson

Durante as obras de restauração da Catedral da Sé, de Mariana, foram encontrados diversos elementos artísticos que estavam escondidos debaixo de camadas de tintas e até mesmo de outras pinturas. Entre eles está a imagem original de Nossa Senhora da Assunção, pintura de Manuel Rabelo de Souza, feita em 1760, no forro do teto da igreja.




** continua depois da publicidade **


De acordo com o Cônego Nedson Pereira de Assis, a imagem original apresenta cores mais fortes e traços que remetem ao século XVIII. Além disso, Cônego Nedson destacou a possibilidade de existir uma outra pintura por baixo da de Nossa Senhora da Assunção. “Presume-se que havia uma pintura abaixo dessa, que seria de Nossa Senhora da Conceição, a primeira padroeira da Paróquia de Mariana. Mas optou-se por ficar com a de Nossa Senhora de Assunção, padroeira da Diocese”, contou.

Além dessa descoberta, no altar de Santa Bárbara, que era coberto por tinta branca, foram encontradas algumas pinturas simples que compõem o conjunto de elementos artísticos da Catedral. Na capela do Santíssimo, descobriram cores mais sóbrias, como o verde e o azul, e rendilhado na porta, ornamentos que também forma encontrados na caixa do órgão Arp Schnitger. “Na última reforma do órgão, vários elementos das chinesices ficaram sobre a camada de tinta e cera. E, agora, estamos descobrindo esse rendilhado e detalhes que são pequenos pássaros e flores ”, contou Cônego Nedson.


Veja algumas fotos dessas descobertas:





** continua depois da publicidade **



Essas pinturas e outros detalhes da catedral poderão ser vistas por marianenses e turistas em breve, pois, de acordo com o Cônego, o término das obras está programado para julho deste ano. “Ainda não definimos uma data de reabertura da Catedral, mas acreditamos que isso acontecerá assim que finalizarem a restauração”, afirmou,.ressaltando a importância da igreja para a população e o seu valor histórico para o Brasil. “Ela é uma referência de fé para o povo de Mariana. Por estar no no coração da cidade, muitos faziam ali a sua oração antes de ir para o trabalho, por exemplo. A Sé também tem uma importância histórica, não só para Mariana mas para o páis. Ela é uma das cinco primeiras catedrais brasileiras e a única que mantém as características ornamentais e arquitetônicas daquele período”.


A igreja da Sé está fechada desde 16 de fevereiro de 2016 para restauro da parte estrutural, arquitetônica e artística. Conforme consta em uma matéria divulgada no site da prefeitura de Mariana, a primeira etapa foi concluída em dezembro de 2017, quando foram realizados serviços de consolidação e reforço estrutural, com monitoramento arqueológico, drenagem de águas pluviais e instalações hidrossanitárias. Foi nessa mesma época que a população conheceu as novas cores da fachada e das janelas da Catedral.



** publicidade **