top of page
Design sem nome (1).jpg

Obra composta a pedido de Juscelino Kubitschek  será apresentada na Casa da Ópera

A música será apresentada no III Festival Arte & Movimento, no dia 13 de julho


Banco de imagens

Ouro Preto será o cenário da apresentação de "Brasília: Sinfonia da Alvorada", um poema sinfônico de Antônio Carlos Jobim e Vinicius de Moraes, com narração do ator Jonas Bloch. Esta obra, encomendada por Juscelino Kubitschek e ainda pouco conhecida do grande público, dará início ao III Festival Arte & Movimento da Escola Saramenha de Artes e Ofícios, no dia 13 de julho, na Casa da Ópera.


O poema sinfônico foi composto em 1959 para celebrar a inauguração de Brasília, mas não foi apresentado na ocasião. Em vez disso, a obra foi lançada em disco em fevereiro de 1961, com a regência de Jobim e recitação de Vinicius. Sua estreia oficial ocorreu em 1986, na Praça dos Três Poderes, com regência de Alceu Bocchino e leitura de Susana Moraes.


A apresentação em Ouro Preto contará com músicos da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais e será uma homenagem a Juscelino Kubitschek, marcando os 122 anos de seu nascimento e 48 anos de sua morte. 


O evento terá direção de Paulo Rogério Lage, produção de Cristiano Ayres Figueiredo e produção executiva de Sérgio Oliveira do Amaral, com regência de Robson Fonseca, arranjos de Waltson Tanaka e recitativo de Jonas Bloch. A realização é da Palco Marketing Cultural, com produção da Escola Saramenha de Artes e Ofícios e Fundação Ayres Lage, e apoio da Mate Couro, Prefeitura de Ouro Preto e Residencial Vila Rica.

Commentaires


bottom of page