top of page

Ouro Preto: Estrada da Purificação é inaugurada

Na ocasião, a Samarco anunciou o repasse de R$10,5 milhões para o SAAE de Mariana


Divulgação | Vale

Nesta sexta-feira, 17, foi inaugurada a Estrada da Purificação, que liga o distrito de Antônio Pereira ao bairro Morro de São João, em Ouro Preto. A obra, uma reivindicação histórica da população de Antônio Pereira, foi realizada pela Samarco, que investiu mais de R$73 milhões.

A estrada foi pavimentada nos seus mais de sete quilômetros de extensão e asfaltada nas extremidades do trecho, ao longo de um quilômetro. A obra incluiu terraplanagem, drenagem profunda e superficial, além da implantação de sinalização. A empresa atendeu ao pedido da comunidade para instalação de calçada nas proximidades do bairro Alvorada, proporcionando mais segurança aos pedestres.





De acordo com a mineradora, os blocos utilizados na pavimentação foram fabricados com 33% de rejeito da Samarco, alinhado ao propósito de desenvolvimento de iniciativas sustentáveis. Em um modelo de inovação aberta, a parceria entre a empresa e a Unidade EMBRAPII em Mineração Sustentável, da Universidade Federal de Ouro Preto, foi o projeto inaugural da unidade, e buscou realizar pesquisas sobre novas formas de utilização do rejeito arenoso de minério de ferro na cadeia produtiva da construção civil.


A pavimentação da estrada da Purificação é uma condicionante ambiental da Samarco da Licença de Operação Corretiva (LOC) obtida pela empresa em outubro de 2019. A Samarco teve todas as licenças ambientais e anuências necessárias para execução da obra, iniciada em maio de 2022. Além de preservar o patrimônio histórico da região, considerando parques arqueológicos e espeleológicos, fauna e flora.


Durante o evento, a Samarco anunciou outros investimentos na região, com destinação de R$10,5 milhões para o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Mariana. Os recursos serão aplicados na adutora de água da Serrinha, que faz parte do sistema de Santa Rita de Cássia, que abastece também os bairros de Santa Clara, Cabanas e Vale Verde.




Comments


bottom of page