top of page

Ouro Preto: homem que manteve esposa em cárcere privado durante três anos vai continuar preso

O homem de 46 anos proibiu esposa de sair de casa e de ter contato com familiares, que moram em outro estado


Divulgação | Polícia Militar


O juiz da Comarca de Ouro Preto converteu para preventiva a prisão do homem de 46 anos que manteve a esposa, de 31 anos, em cárcere privado durante três anos, no distrito de Santa Rita de Ouro Preto. A partir de agora, o homem fica preso por tempo indeterminado.



** continua depois a publicidade **



O acusado foi preso em flagrante na manhã do último domingo, 11, após a Polícia Militar receber uma denúncia, através do 181, de que uma mulher estava sendo mantida em cárcere privado por seu companheiro em uma fazenda próxima ao distrito. Quando os militares chegaram ao local, a vítima evitou falar sobre o assunto, mas, ao conversar com eles em local reservado, ela confirmou o cárcere e confessou ter medo do marido.


A mulher, natural da Bahia, contou que conheceu seu companheiro em São Paulo, em 2020, e que, por vontade própria, decidiu morar no distrito de Ouro Preto, destacando que com o tempo, ele se tornou agressivo e ameaçador.



** continua depois a publicidade **



A vítima também disse aos militares que tinha um telefone com o qual mantinha contato com familiares na Bahia, e compartilhava o desejo de ir embora, porém, no ano passado, seu companheiro descobriu a conversa e retirou o chip do aparelho, fazendo com que ela perdesse o contato com sua família.

Comments


bottom of page