teste.jpg
  • Eliene

Atlético Mineiro inicia preparação para o jogo desta quarta-feira, 10, contra o Palmeiras

Com o empate por 2 a 2 no jogo de ida, no Mineirão, o Atlético precisará vencer para avançar às semifinais da Libertadores


Cuca deve fazer mudanças no time do Atlético para jogo de volta da Libertadores contra o Palmeiras | Divulgação

O elenco do Atlético se reapresentou, no início desta semana, na Cidade do Galo, após a derrota por 3 a 2, de virada, para o Athletico-PR, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro. O time alvinegro não quis saber de perder tempo e já iniciou a preparação para o duelo contra o Palmeiras pela partida de volta das quartas de final da Copa Libertadores. O jogo acontece nesta quarta-feira, 10, às 21h30, no Allianz Parque, em São Paulo.



** continua depois da publicidade **


Para essa disputa decisiva, o técnico Cuca terá a volta do volante Allan, que cumpriu suspensão. O jogador deverá ser titular ao lado de Jair ou Otávio ou até mesmo dos dois. Na lateral-esquerda, Guilherme Arana segue como dúvida. O atleta postou imagens, durante o fim de semana, correndo em campo, na Cidade do Galo, mas não treinou com os atletas que não foram titulares contra o Athletico-PR. Caso Arana não atue, Cuca tem como opção manter Rubens, improvisado na posição, já que Dodô ainda não está 100% fisicamente.

Na outra lateral, Mariano volta na vaga de Guga. Na zaga, o treinador alvinegro terá a volta de Junior Alonso, que foi poupado diante do Athletico-PR. Resta saber se o paraguaio retorna ao time no lugar de Igor Rabello ou de Nathan Silva, que vem sendo criticado por parte dos torcedores. Réver e Jemerson, que foram inscritos para as quartas de final da Libertadores, são outras opções.

Outro que foi poupado diante do Furacão e deve retornar ao time titular nesta quarta-feira, é o meio-campista Zaracho. No ataque, Hulk está garantido. O camisa 7 iniciou o duelo contra o Athletico-PR no banco, mas entrou durante o segundo tempo. Keno, Ademir e Vargas lutam pelas outras duas vagas, caso Cuca mantenha o esquema com três atacantes. Se o treinador optar por jogar com dois jogadores ofensivos, Nacho entraria no time.


** continua depois da publicidade **



O argentino Pavón, que foi utilizado no jogo de domingo, 07, não está inscrito na Libertadores porque precisa cumprir suspensão de seis partidas no torneio.

Com o empate por 2 a 2 no jogo de ida, no Mineirão, o Atlético precisará vencer para avançar às semifinais da Libertadores. Nova igualdade por qualquer placar leva a decisão para os pênaltis.