top of page

Mariana registra o primeiro caso de meningite bacteriana em criança neste ano

O paciente, de 3 anos, foi encaminhado para o Hospital Monsenhor Horta na sexta, 02, e seu quadro de saúde é estável

Imagem ilustrativa | Banco de Imagens

Na última sexta-feira, 02, Mariana registrou o primeiro caso do ano de meningite bacteriana em crianças. Trata-se de um menino de 3 anos. Segundo a subsecretária do sistema sanitário de saúde pública da cidade, Ludmila Simone Gonçalves, o paciente havia se vacinado e seu quadro de saúde é estável. “Ele estava na policlínica, mas foi encaminhado para o Hospital Monsenhor Horta depois de passar mal. Ele está sendo acompanhado por profissionais qualificados”, disse.




** continua depois da publicidade **



A subsecretária também informou que a equipe da secretaria de saúde de Mariana acompanha o paciente, bem como a família e pessoas que tiveram contato com a criança. ”Orientamos todos sobre o uso do medicamento e reforçamos sobre a vacinação. Eles seguem sendo monitorados”, destacou Ludmila.


Além da criança, no dia 25 de maio, Mariana também registrou outro caso de meningite bacteriana. Dessa vez, uma jovem de 25 anos. Embora seu quadro de saúde seja estável, ela está no hospital Monsenhor Horta, onde segue sendo acompanhada por uma equipe médica e monitorada pela epidemiologia da cidade.



** continua depois da publicidade **



A doença


A meningite bacteriana é uma infecção causada por bactérias que afeta as membranas protetoras ao redor do cérebro e da medula espinhal, chamadas de meninges. Essa infecção pode ser grave e precisa de tratamento médico imediato.


As bactérias que causam a meningite bacteriana podem entrar no corpo através do nariz ou da boca e se espalhar para as meninges. Isso pode acontecer quando uma pessoa está doente e tosse ou espirra, espalhando as bactérias pelo ar, ou quando compartilha objetos pessoais, como copos ou talheres, com alguém infectado.


Os sintomas da meningite bacteriana incluem dor de cabeça intensa, rigidez no pescoço, febre alta, sensibilidade à luz e confusão mental. Em bebês, os sintomas podem incluir choro constante, irritabilidade, moleira tensa e recusa em se alimentar.


O tratamento da meningite bacteriana geralmente envolve a administração de antibióticos através de uma veia no hospital. Em casos graves, a pessoa pode precisar ser internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para receber cuidados intensivos.


** continua depois da publicidade **



A melhor forma de prevenir a meningite bacteriana é a vacina, disponível na Central de Vacinação de Mariana, de forma escalonada, para pessoas acima de 16 anos. Além dela, é recomendado tomar medidas de higiene, como lavar as mãos com frequência, cobrir a boca e o nariz ao tossir ou espirrar, e evitar compartilhar objetos pessoais com pessoas doentes.


É importante ficar atento aos sinais e sintomas da meningite bacteriana e buscar atendimento médico imediato se você ou alguém próximo apresentar sintomas preocupantes.

Comments


bottom of page