teste.jpg

Morro da Forca, em Ouro Preto, desmorona sobre casarões

Moradores registraram o exato momento do deslizamento, que atingiu casarões, fios elétricos e provocou uma nuvem de poeira




Na manhã desta quinta-feira, 13, parte da encosta do Morro da Forca, como é conhecido, em Ouro Preto, deslizou. No vídeo, registrado por moradores, é possível ver exato momento em que a terra desce e atinge um galpão, um casarão do século XIX, além de fios elétricos.




** continua depois da publicidade **



Segundo informações, a Defesa Civil do município compareceu ao local minutos antes, sendo possível isolar a área e evitar que pessoas permanecessem no espaço. "Recebemos um telefonema - informando- que tinha um indício de um deslizamento. Imediatamente deslocamos para o local, evacuamos as pessoas que estavam no ônibus, próximas ali paradas, pedimos apoio a Guarda Municipal e 15 minutos depois veio abaixo boa parte do Morro da Forca", disse o coordenador da Defesa Civil, Neri Moutinho.


O casarão, que foi completamente destruído, estava interditado desde 2012, quando outro deslizamento ocorreu no local, portanto, estava vazio, assim como o depósito. "Felizmente os imóveis estavam vazios. O casarão estava fechado justamente por causa do risco", afirmou coordenador da Defesa Civil, Neri Moutinho.


De acordo com o Corpo de Bombeiros, há mais uma trinca no morro, o que pode provocar um novo deslizamento. Se isso acontecer, há possibilidade de que um hotel e um restaurante sejam atingidos.




** continua depois publicidade **



Pouco antes do ocorrido, Neri gravou um vídeo alertando a população para que evitem passar próximo ao local. "Peço às pessoas que não transitem nesse local. Há uma movimentação de massa. Já acionamos o Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, OuroTran e nosso geólogo para fazer uma avaliação. Peço às pessoas que tenham paciência, pois o trânsito será liberado depois que fizer uma análise”, disse o coordenador da Defesa Civil de Ouro Preto, Neri Moutinho, em um vídeo divulgado pelas redes sociais da prefeitura.