• Eliene

Ouro Preto volta a recomendar o uso de máscaras em locais fechados

A decisão foi tomada após uma avaliação do Comitê Covid, que analisou os números de casos no município nas últimas semanas e o aumento da procura por atendimento


O uso de máscara em espaços fechados foi suspenso no início de maio | Pedro Alves

Após anunciar a desobrigatoriedade do uso de máscara em locais fechados, com exceção dos estabelecimentos de saúde, transporte coletivo e escolar e terminais de embarque e desembarque, a prefeitura de Ouro Preto volta atrás e passa a recomendar o uso.



** continua depois da publicidade **


A decisão foi tomada após uma avaliação do Comitê Covid, na última segunda-feira, 06, que analisou os números de casos no município nas últimas semanas e o aumento da procura por atendimento nas Unidades Básicas de Saúde e Upa.


Do dia 28 de maio ao dia 03 junho, a média móvel de casos no município aumentou de 12 para 28. A média móvel permite analisar se o número de casos confirmados e o de mortes por Covid-19 tem aumentado ou diminuído. No mês de maio, Ouro Preto registrou 246 casos da doença, e os últimos dados epidemiológicos emitidos em 03 de junho mostram que, no mesmo mês, foram registrados 108 casos.


Vacinas

A prefeitura de Ouro Preto destaca que as vacinas contra a Covid-19 estão disponíveis nas UBSs da sede e dos distritos e que a aplicação acontece de acordo com o cronograma de vacinação, que é:




** continua depois da publicidade **


  • Segunda-feira: Pocinho, Manoca, Morro Santana, Santa Cruz e Piedade

  • Terça-feira: Cachoeira do Campo, Amarantina, Antônio Pereira, Santa Rita e Saramenha

  • Quarta-feira: Lavras Novas, São Cristóvão e Padre Faria

  • Quinta-feira: Bauxita, Caminho Diamantes, Salto e Rodrigo Silva

  • Sexta-feira: Antônio Dias

Nesta semana, o município iniciou a aplicação da 4° dose da vacina em profissionais da saúde que tenham recebido a terceira dose há, no mínimo, 4 meses. Além disso, como o Ministério da Saúde ampliou a aplicação da quarta dose para pessoas acima de 50 anos, a partir da próxima segunda, 13, aqueles com 59 anos podem comparecer às unidades básicas de saúde para receber o imunizante. A aplicação da vacina para este público vai ocorrer de forma escalonada, de acordo com o cronograma da prefeitura.



** continua depois da publicidade **